quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

RC #12: COMPROMETIDOS COM O DISCIPULADO

By Ap. Jota Moura

“E o que da minha parte ouviste, entre muitas testemunhas, isso mesmo
transmite a homens fiéis e idôneos para também instruírem a outros”
(2 Tm 2.2).
A Igreja hoje sofre de uma grave amnésia espiritual acerca dos fundamentos bíblicos de sua
missão. Especialmente, tem-se esquecido do discipulado no padrão apostólico demonstrado
por nosso Senhor Jesus Cristo e praticado pela Igreja Apostólica do Livro de Atos.





19

1. Prioridade do Discipulado
No texto bíblico em epígrafe, o apóstolo Paulo ordena ao jovem pastor Timóteo a priorizar a
prática sistemática do discipulado apostólico geracional para edificar a igreja saudável que
todos almejamos.
Mais do que apenas informar, necessário se faz formar as pessoas em Cristo pela impartição espiritual da vida no Reino de Deus.Os líderes da Igreja do Senhor tornam-se canais do Espírito Santo e da Palavra Revelada na qual os convertidos discípulos-membros são instados a perseverar (At 2.42).
Assim, o discipulado torna-se um “modus operandi” dos Ministros e um estilo de vida de todos os fiéis, não apenas um método.
2. Proposito do Reino
O propósito supremo do Senhor sempre foi formar um “Reino Sacerdotal” (Êx 19.6;1Pe 2.9) a partir da “Família Espiritual” dos Filhos de Deus pela fé em Cristo (Jo 1.12;Rm 8.14-16).
Porém, sem o cuidado intencional e responsável dos “Pais Espirituais” aqueles não receberão o “genuíno leite espiritual” (1Pe 2.2) para crescerem em tudo “Naquele que é o cabeça, Cristo” (Ef 4.15).
Sem paternidade espiritual tornam-se carnais (1Co 3.2), sofrem de paralisia espiritual ou permanente infância (Hb 5.12), são “levados em roda por todo vento de doutrina...” (Ef 4.14) e caem “nos laços do diabo” (1Tm 3.6).
3. Discipulado Geracional
O discipulado apostolico deve ser, sobretudo, geracional. Paulo fala de cinco (5) gerações de discípulos, em nosso texto-chave:
(1) Geração Paulo (paternidade apostólica)–“E o que de minha parte...”;
(2) Geração Timóteo (ministro sob cobertura)– “...ouviste...”;
(3) Geração Testemunha (selada pelo Espírito) – “...entre muitas testemunhas...”;
(4) Geração Fiel (coroada com a vida) – “...isso mesmo transmite a pessoas fiéis e idôneas...”;
(5) Geração Outros (ainda não-alcançados) – “...para também instruírem a outros.”
Essa é a nossa proposta apostólica: líderes-discípulos que fazem discípulos...que fazem discípulos...que fazem discípulos...de todas as nações, até completar a missão suprema da Igreja na terra (Mt 24.14;
28.18-20).
Como povo shalomita e ministério apostólico comprometidos com o Evangelho do Reino de Deus, precisamos decidir implementar URGENTEMENTE, a dinâmica revolucionária do discipulado no padrão apostólico.
Não pode ser apenas mais um tema anual opcional, mas uma ação interativa, vital e contínua de resgate do nosso legado apostólico no Reino!
Mãos à Obra, pois, “Ceifeiros da Seara Santa.”
Até que ELE venha...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BASILEIA APOSTÓLICOS MINISTÉRIOS INTERNACIONAL

“Por isso, Deus disse em Sua sabedoria: Eu lhes enviarei profetas e apóstolos...” Lc. 11:4.         A Rede Basileia Ministérios Ap...