sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

RC #30: O DISCÍPULO E A CRUZ

por Ap. Jota Moura

Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome cada dia a sua cruz e siga-me. (Lc 9.23)

Quando os discípulos de Cristo perceberam que Ele era o Messias prometido, começaram a se dar conta do que isso significava. “Desde então começou Jesus a mostrar aos discípulos que era necessário ir a Jerusalém, padecer muito...ser morto e ressurgir no terceiro dia.” (Mt 16.21).


33
Eles protestaram diante da notícia, visto que não compreendiam ser necessário ao Messias passar pela via-crucis. Porém, Jesus os repreendeu mostrando que a via-crucis era uma exigência Divina não só para Ele, mas também para os seus seguidores. Graças ao fato de Jesus morrer na cruz pelos pecadores, seus discípulos que Nele creem tornam-se responsáveis por levar e proclamar os benefícios da Cruz de Cristo aos que ainda não creem no Senhor e, portanto, ainda não receberam Sua graça salvadora.

Contudo, carregar a cruz não significa arrastar um enorme patíbulo de madeira por aí. Mas, confiar e depender do Sangue do Cordeiro de Deus (Jesus Crucificado), segui-lo mesmo de forma sacrificial, proclamando e demonstrando a mensagem salvadora da Cruz aqueles pelos quais Jesus morreu!

Portanto, o verdadeiro discípulo de Cristo ama, vive e proclama a mensagem da Cruz da seguinte forma:


1. O DISCÍPULO APEGA-SE À CRUZ


Você não pode carregar a Cruz sem apegar-se a ela. Quem já experimentou o que significa ser justificado pela fé no sacrifício de Jesus na Cruz, tem seus pecados perdoados (Rm 5.1). Certamente você terá o propósito de continuar se apegando a Cruz, sabendo que nada fez para merecer o favor de Deus. Você nunca poderia ser aceito por Deus a não ser mediante este sacrifício vicário da Cruz. Você recebeu ali o favor gracioso de Deus em Cristo, duplamente: o Sangue para purificá-lo dos seus pecados (atos pecaminosos) e a Cruz para matar seu "velho homem"(natureza pecaminosa).


2. O DISCÍPULO CARREGA A CRUZ


O verdadeiro discípulo é um seguidor de Cristo que carrega sua Cruz. A vida cristã é muito dinâmica, por isso é comparada a um caminhar, não é estacionária. Jesus está dizendo que temos que ir andando pelos caminhos da vida, com a missão de levar a mensagem da graça salvadora da Cruz. Ele o convida a depender completamente da Cruz e também o comissiona a carregar a Cruz no Mundo. Ele não quer que você se esconda num clube religioso de carregadores de cruz, mas que o siga transportando o peso sacrificial do testemunho da Sua Cruz ao Mundo.


3. O DISCÍPULO PROCLAMA A CRUZ


A Cruz é a chave que abre a porta do coração de Deus é também a chave para abrir o coração das pessoas para o Reino de Deus. A Cruz tipifica e traduz a maior e mais poderosa mensagem que o ser humano jamais conheceu: Nela o Filho de Deus morreu pelos nossos pecados e enfermidades! (Is 53.6). Daí o discípulo de Cristo ser comissionado para proclamar a mensagem da Cruz a todos! Você não deve esconder-se atrás da Cruz ou mesmo ficar aos pés dela. Deve crer, possuir e proclamar a todos de forma amorosa e na unção e sabedoria do Santo Espírito, a gloriosa verdade do Evangelho da Cruz de Cristo.

Diz-se que o grande equívoco de um vasto segmento da Igreja hoje é ousar pregar um Evangelho de um Cristo sem Cruz! Acreditamos que a Mensagem da Cruz continua sendo essencial e sensível a todas as gerações. Não há substitutivo para ela. Mensagem autenticamente apostólica e neotestamentária. Somente quando se levanta uma geração de discípulos apostólicos que que se comprometem carregar, viver e proclamar amorosa e missionalmente a Sua Cruz, vidas, famílias e nações são salvas, transformadas e transportadas para o Reino da Luz (Cl 1.13). Até que ELE venha!

Boston, MA. abril 20, 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BASILEIA APOSTÓLICOS MINISTÉRIOS INTERNACIONAL

“Por isso, Deus disse em Sua sabedoria: Eu lhes enviarei profetas e apóstolos...” Lc. 11:4.         A Rede Basileia Ministérios Ap...