terça-feira, 23 de janeiro de 2018

RC #35: OITO ACUSAÇÕES CONTRA JESUS

By Apóstolo Jota Moura
1 – ELE SOFREU MUITAS PRESSÕES
Cansado, sentou à beira do um poço e pediu de beber a uma mulher (João 4). Enquanto viajava de barco através do mar da Galileia, Ele adormeceu (Marcos 4.38). Muitas vezes não tinha tempo nem para comer (Marcos 6.31). Quando tentava se afastar, as multidões o seguiam, forçando-o para que continuasse ensinando (Marcos 6.35). Ele deixava o povo para orar, andava pelas estradas poeirentas da Palestina de norte a sul, de leste a oeste.


1) Teve fome e sede – passou 40 dias no deserto sem comer. Teve sede no poço de Samaria e na Cruz.
2) Não foi compreendido – de fato, quem O compreendeu? Sentia-se solitário mesmo em meio à multidão, porque na verdade, ninguém entendeu o que Ele estava tentando fazer. Suas palavras eram distorcidas.
3) Foi ignorado – depois de seu grande sermão na sinagoga de Cafarnaum, muitos se afastaram dEle. No jardim de Getsemani seus discípulos O abandonaram e fugiram, e da cruz caíram estas palavras terríveis, dirigidas ao Pai: “Por que me abandonaste?”.
4) Soube o que eram os falsos amigos – seu amigo Pedro negou-o, jurando jamais tê-lo conhecido. Judas o atraiçoou.
5) Soube o que era ter inimigos – seus inimigos foram fariseus, saduceus, herodianos, autoridades religiosas e seculares que se reuniram contra Ele.
6) Foi tratado com injustiça – todas as leis do direito e decência foram espezinhadas naquela noite sombria de traição. Foi objeto de ódio, escárnio, riso, zombaria, ignomínia e vitupério. Os líderes religiosos O invejaram, odiaram e zombaram dos seus ensinamentos. Foi tratado como um criminoso comum. Os soldados riram dEle, açoitaram-no e cuspiram nEle.
7) Conheceu a tentação – Quando a tentação nos assalta, é Consolador ler a respeito dEle: “Pois naquilo que Ele sofreu, tendo sido tentado, é poderoso para socorrer os que são tentados” (Heb. 2.18).
8) Conheceu a morte – Quando temos de leva cemitério o corpo de um ente querido, essas palavras consolam nosso coração: “e livraste a todos que, pelo pavor da morte, estavam sujeitos à escravidão por toda a vida” (Heb. 2.15).

2 – OITO ACUSAÇÔES QUE ELE SOFREU
1) Possesso – Mateus 12,24-39; Mc. 3.22-30, Lc. 11.14-23. “Ele está possesso… e é maioral dos demônios (belzebu) que expele os demônios” (Marcos 3.22).
2) Louco – Marcos 3.20,21, 31-35. “Os parentes de Jesus… saíram para O prender; porque diziam: está fora de si” (Mc. 3.21).
3) Blásfemo – Mateus 26. 63-65; 9.3. “Então o Sumo-sacerdote rasgou as suas vestes, dizendo: blasfemou!” (porque Jesus se declarou Filho de Deus).
4) Conduta Duvidosa – Lucas 7. 36; 39; 40-50. “… se este fora profeta, bem saberia quem e qual é a mulher que lhe tocou, porque é pecadora” (tem amante, suspeita) – Lc. 739).
5) Charlatão – João 7. 10-13. “Uns diziam: Ele é bom. E outros: Não, antes engana o povo” (Jo. 7.12).
6) Megalomaníaco – João 2.13-22. “Jesus lhes respondeu: Destruí este Santuário, e em três dias o reconstruirei. Replicaram os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este santuário, e tu, em três dias, o levantarás?” (sonhando com coisas impossíveis).
7) Devasso – Mateus 11.16-19. “Veio o Filho do Homem que come e bebe, e dizem: Eis aí um glutão e bebedor de vinho, amigo de publícanos e pecadores” (Mateus 11.19) (Porque Jesus participava das festas e comia e bebia com pecadores).
8) Contra a Lei – (Quebrava a lei de Moisés) – Mt. 12.1-8; Marcos 2.23-28; 3. 1-5; Lc. 6.1-11. “E alguns dos fariseus disseram: Por que fazeis o que não é lícito aos sábados?… Os escribas e fariseus observavam-no, procurando ver se Ele faria a cura no sábado, a fim de acharem pretexto para o acusar” (Lc. 6.2,7).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BASILEIA APOSTÓLICOS MINISTÉRIOS INTERNACIONAL

“Por isso, Deus disse em Sua sabedoria: Eu lhes enviarei profetas e apóstolos...” Lc. 11:4.         A Rede Basileia Ministérios Ap...