segunda-feira, 19 de março de 2018

TUDO SOBRE DÍZIMOS E OFERTAS NA BÍBLIA

by Ap. JOTA MOURA
A ideia de DAR aparece 1.552 vezes na Bíblia, com diversas variações de sentido. Veja a seguir, os mais importantes textos bíblicos que falam sobre essa graça: DAR ou ofertar à obra do Reino de Deus segundo as instruções da Bíblia. Argumentos que são usados pelos infiéis avarentos que combatem a doutrina bíblica do dízimo: (1) O povo é muito pobre, a crise é enorme, nós não podemos dar. (2) O pastor deveria levantar ofertas só para ajudar os pobres coitados. (3) O povo jamais deveria pagar o dízimo, pois estamos na era da graça e o dízimo é da lei. (4) O Novo Testamento nunca fala de dízimo, apenas de oferta voluntária “segundo o coração de cada um”. (5) Uns não dão o dízimo, porque dizem que não têm. (6) Outros não dão porque acham que o dízimo (10%) é muito dinheiro. (7) Há aqueles que dizem que o pastor só fala em dinheiro por interesse próprio! Vejamos então, o que a Palavra de Deus tem a dizer sobre o assunto.

DAR COMO ATO DE ADORAÇÃO NO ANTIGO TESTAMENTO
01
Gênesis 4. 1-9
Caim e Abel entregam ofertas como adoração a Deus.
02
Êxodo 22. 29-31
Deus espera receber as primícias- os primeiros frutos.
03
Êxodo 25. 2
Deus aceita oferta alçada entregue voluntariamente.
04
Êxodo 25. 28
Deus pede uma oferta para a construção do Tabernáculo. (Veja ainda 1 Cr. 3.4-5; 1 Rs 5-6)
05
Êxodo 35.1; 36.5
Um belo exemplo de liberalidade do povo de Deus.
06
Números 7.1-11
As ofertas generosas para construção do Tabernáculo.
07
Números 31.48-54
Exemplo de oferta voluntária ao Senhor.
08
Deuteronômio 16.16-17
Dar conforme Deus tem abençoado e não aparecer de mãos vazias diante do Senhor.
09
Deuteronômio 26.2-4
Dar as primícias de todos os frutos da terra ao Senhor.
10
2 Samuel 8.9-11
Ofertas ao Rei Davi que foram dedicadas ao Senhor.
11
2 Samuel 24.18-24
Davi compra material para o altar e recusa oferecer a Deus o que não lhe custou nada.
12
2 Reis 4.8-11
A mulher de Suném e seu marido oferecem aposento para
Eliseu - homem de Deus.
13
1 Crônicas 29.1-9
O povo de Deus se alegra das ofertas voluntárias.
14
1 Crônicas 29.14-16
Tudo é de Deus, e Ele nos dá para que possamos dar.
15
2Crônicas 24.4-11
As ofertas para renovar o templo de Jerusalém.
16
Esdras 1.5-6
Ex-cativos oferecem voluntariamente seus tesouros.
17
Esdras 2-68-69
Conforme as suas posses, deram para a obra do Senhor.
18
Provérbios 3.9-10
"Honra ao Senhor com as primícias dos teus bens".

DAR COMO ATO DE ADORAÇÃO NO NOVO TESTAMENTO
01
Mateus 2.11
Os sábios magos trazem presentes a Jesus.
02
Mateus 5.23-34
Instruções espirituais para quem for ofertar.
03
Mateus 5.40
“Larga-lhe também a capa...”
04
Mateus 6.1-2
Jesus condena a hipocrisia dos que dão para serem vistos.
05
Mateus 6.1-4, 19.21 25.40, Lucas 11.41
Ofertas para ajudar os necessitados- um ato de amor para com o próprio Cristo.
06
Mateus 6.19-21
O coração reside junto ao tesouro.
07
Mateus 10.8
“... de graça recebeste, e de graça dai...”
08
Mateus 14.16-21
Jesus manda dar de comer, e depois providencia comida.
09
Mateus 19-16-22,
Marcos 10-17-22
Jesus ordena ao jovem rico que dê seus bens para remover a barreira espiritual de amor ao dinheiro.
10
Mateus 26.6-13,
Marcos 14.3-9,
João 12.1-8
A mulher pecadora derramou um vaso de alabastro sobre a cabeça de Jesus. Uma linda demonstração de dar por gratidão e amor.
11
Marcos 7.1-13
Jesus denuncia a prática farisaica de Corbã. A mesma foi usada para justificar a falta de dar.
12
Marcos 12.41-44
A oferta da viúva pobre. Ela recebeu elogio de Jesus por causa da magnitude de expressão de seu amor em comparação com a oferta de outros. Ela deu tudo.
13
Marcos 9.41
Quem dá em nome de Cristo, recebe recompensa.
14
Lucas 3.11-14
Quem tem duas túnicas, dá uma ao que não tem e também alimentos a quem tem fome.
15
Lucas 6.38
Devemos dar uma boa medida.
16
Lucas 7.37
Uma mulher dá o seu melhor para Cristo.
17
Lucas 10.25-37
O bom samaritano demonstra amor real pelo próximo.
18
Lucas 18.22
Quem dá aos pobres receberá um tesouro no céu.
19
Lucas 19.1-10
A história de Zaqueu. O resultado de uma experiência com Jesus é a entrega. Zaqueu entregou-se, e entregou seus bens em mais da metade, motivado pelo amor de Jesus.
20
Atos 2.44-45
Os primeiros cristãos tinham tudo em comum e repartiam tudo que tinham uns com os outros.
21
Atos 4.34-37
Havia uma entrega de bens aos pés dos apóstolos, voluntária e espontaneamente para uso na Obra.
22
Atos 5.1-11
Ananias e Safira mentem e negam a oferta que Deus queria.
23
Atos 8.18-24
Simão ofereceu dinheiro para merecer o poder do Espírito.
24
Atos 11.29
Os discípulos socorriam a cada um conforme suas posses.
25
Atos 20.23-35
O cristão deve trabalhar para ter o que oferecer. Ter para dar é maior bênção do que precisar receber.
26
Atos 28.1-10
O povo de Malta deu oferta ao Apóstolo Paulo.
27
Romanos 12.8
Devemos repartir com liberalidade.
28
Romanos 15.26-27
O uso das coisas materiais reflete o crescimento espiritual.
29
1Coríntios 9.6-27
O ministro deve viver para o evangelho, sendo sustentado pelas contribuições da igreja.
30
1Coríntios 16.1-3
A oferta levantada para socorrer os crentes em Jerusalém.
31
2Corintios 8.1-24
A contribuição sacrificial da igreja Macedônica.
32
2Coríntios 9.1-5
A prontidão no atendimento da beneficência.
33
2Coríntios 9.6-15
O crescimento na graça de dar e o seu galardão.
34
2Coríntios 11.8-9
O espírito cooperativo e donativo entre as igrejas.
35
2Coríntios 12.13
A igreja torna-se inferior, quando não é ensinada a dar.
36
Efésios 4.28
O cristão trabalha para ter o que repartir.
37
Filipenses 4.15-19
Oferta das igrejas para o ministério apostólico de Paulo.
38
Hebreus 7.1-11
O testemunho de Abraão dando o dízimo a Melquisedeque.
39
Tiago 1.27, 2-16
A fé viva é demonstrada quando damos bens materiais.
40
1João 3.17-18
Diante da necessidade de alguém, o crente tem a responsabilidade de dar.

JESUS ENSINA AOS DISCÍPULOS A GRAÇA DE DAR
01
Mateus 26.6-13; Marcos 14.39; João 12.1-8
Elogia os que deram sacrificialmente
“O que ela faz será contado para memória sua.”
Marcos 12.41-44; Lucas 21.1-3

“A viúva deu mais do que todos.”
Lucas 7.36-50
“Perdoados lhe são os pecados... porque ela muito amou.”
Lucas 10.25-37
Qual destes três “deu” mais?
02
Mateus 6.1

Condena atitudes erradas em dar
Dar para ser visto pelos outros.
Mateus 23.33, Lucas 11.42,
18.12
Dar legalistamente é dar sem cultivar as outras graças.
Mateus 15.5, Marcos 7.11
A ideia de “Corbã” foi usada para escapar à responsabilidade. Jesus condena os que dizem que “a vida inteira está dedicada” para a responsabilidade de dar.
03
Mateus 6.2, 19.16-29, 25.40,
Lucas 11.41
Ensina a graça de dar
Dar aos pobres e necessitados.
Mateus 5.41
Dar andando a “segunda milha”.
Mateus 25.36-46
Dar é uma expressão do caráter cristão.
Marcos 9.41
Dar é um ato de amor em nome de Cristo.
Mateus 5.23-24
Dar está relacionado com a espiritualidade.
Mateus 16.19-20
Dar está relacionado com as riquezas do céu.
Lucas 10.7-8
Dar é sustentar a obra de Cristo na terra.
Lucas 19.1-10
Dar é o resultado da experiência com Jesus.

DAR NA VIDA DA IGREJA NEOTESTAMENTÁRIA
01
Atos 2. 44-45, 4.32-37, 20.33-35,
Rom. 15.26-27, 2 Co. 8.3,
1 Co. 16.2.
Dar voluntariamente - um ato de profundeza espiritual.
02
Atos 28.10, 1 Co. 9.6-27,
1 Co. 16.15-17, 2 Co. 12.13,
Fil. 4.15-19.
Dar para sustentar o ministério da Palavra.
03
1 Co. 16.1-3, 2 Co. 8.1-24,
2 Co. 9.1-13, 2 Co. 11.8-9.
Dar para ajudar igrejas irmãs num espírito de cooperação.
04
1João 3.17-18, Tiago 1.27, 2.16.
Dar para socorrer os necessitados

O USO DA PALAVRA “DÍZIMO” NO ANTIGO TESTAMENTO
01
Gênesis 14.20
Abraão deu o dízimo ao Sacerdote Melquisedeque.
02
Gênesis 28.22
Jacó promete dar o dízimo de tudo.
03
Levítico 27.30
O dízimo da terra é santo ao Senhor.
04
Levítico 27.31
Quem quiser remir uma parte do dízimo, acrescente a quinta parte.
05
Levítico 27.32
O dízimo do rebanho é requerido.
06
Números 18.21
O dízimo dado aos levitas pelo serviço prestado no Tabernáculo.
07
Números 18.24
O dízimo dos povos é herança dos sacerdotes levitas.
08
Números 18.29
Instruções mosaicas acerca de como dar o dízimo.
09
Deuteronômio 12.17
Os dízimos e as ofertas não podem ser consumidos em casa.
10
Deuteronômio 14.22
O dízimo de todo produto da semente é requerido.
11
Deuteronômio 14.23
O dízimo será entregue no lugar que Deus escolher.
12
Deuteronômio 14.28
Cada terceiro ano, levar outro dízimo aos levitas e aos pobres.
13
Deuteronômio 26. 12-13
O dízimo demonstra fidelidade e retidão para com Deus.
14
2 Crônicas 31.5
O reavivamento espiritual pela remessa do dízimo.
15
2 Crônicas 31.6
Dízimos dos bois, das ovelhas, e das coisas consagradas.
16
2 Crônicas 31.12
Recolhem-se fielmente ofertas e dízimos pelos levitas.
17
Neemias 10.37
O dízimo da lavoura entregue aos levitas.
18
Neemias 10.38
Os levitas entregam o dízimo dos dízimos ao sumo Sacerdote.
19
Neemias 12.34
Nomeação de homens para recolher os dízimos e as ofertas.
20
Neemias 13.5
Dízimos e ofertas trazidos aos celeiros da casa de Deus.
21
Amós 4.4-12
A entrega do dízimo não substituiu a entrega do espírito.
22
Malaquias 3.8
“Roubará o homem a Deus?” Quando o dízimo é roubado.
23
Malaquias 3.10
“Trazei todos os dízimos à casa do tesouro...”

O USO DA PALAVRA DÍZIMO NO NOVO TESTAMENTO
01
Mateus 23.23
O dízimo da hortelã, do endro e do cominho.
02
Lucas 11.42
O dízimo de toda hortaliça do quintal.
03
Lucas 18.12
O fariseu afirmou: eu dou o dízimo.
04
Hebreus 7.2
Abraão entregou o dízimo a Melquisedeque.
05
Hebreus 7.5
Os levitas receberam os dízimos do povo de Deus.
06
Hebreus 7.6
O dízimo do patriarca da fé Abraão.
07
Hebreus 7.8
Homens mortais receberam dízimos.
08
Hebreus 7.9
Os levitas também deram o dízimo de tudo.

SÍNTESE DO ESTUDO DÍZIMO NA BÍBLIA
01
Abraão e o Dizimo Gn. 14.20, He. 7.4-10
Demonstrou submissão a Deus dando o dízimo ao sumo sacerdote Melquisedeque, antes da lei de Moisés.
02
Jacó e o dízimo     GN 28.22
Fez voto de que daria o dízimo de tudo que Deus lhe desse, em sinal de louvor e gratidão, edificando um santuário em Betel, antes da lei de Moisés.
03
A lei de Moisés e o dízimo - Lv. 27.30-32, Nm. 28.29, Dt. 14.22-23, 12.6-17, Ne 12.44, 2 Cr. 31.5-12, Ml. 3.8-10
Regulamenta e ensina sobre como dar o dízimo, as espécies de dízimos, o resultado do dízimo... Tudo visa o sustento do sacerdócio e do culto Divino.
04
A quem era dado o dízimo- Nm. 8.21-24, Dt. 14.28, 26-12, Ne. 10.37-38, 13.5, Ml. 3.10, Hb.7.5
Aos sacerdotes- levitas na casa do Senhor. Esta era sua única herança entre as tribos do Senhor.
05
Jesus e o dízimo Mt. 23.23, Lc11.42 Lc. 18.21  He 7.4- 9
Nos evangelhos há duas referências aos dízimos, em ambas Jesus estava condenando os fariseus: (1) “ai de vós, escribas e fariseus.” Jesus não condenou a prática do sistema de dízimo, mas a falta de justiça e de espiritualidade. Este texto ilumina a prática do sistema do dízimo existente e a sua legalidade rígida. Esta legalidade Jesus está condenando. Ele está pronunciando “ai de vós” por causa da hipocrisia na vida, e não por causa do dízimo. (2) Jesus condena o legalismo - novamente a tentativa de auto justificação por meio de atos externos. Ele está comparando a condição espiritual do fariseu e o publicano. Jesus confirma a prática do dízimo.
06
A igreja apostólica e o dízimo. At. 4.32, 37; 5.2
Os discípulos-membros da igreja apostólica do 1º século, reconheciam o dízimo como contribuição básica ao Reino de Deus. Porém, demonstraram na prática que nada do que possuíam era deles, TUDO era do Senhor para a extensão do Reino e o bem comum. Portanto, eles entregavam tudo!
07
O Cristão Hoje e o dízimo (Ml. 3.9-10)
Mediante a compreensão bíblica da doutrina do dízimo, o cristão fiel se compromete com o plano financeiro de Deus para promover o avanço do seu Reino. A Bíblia é o manual da vida cristã, portanto, ele a obedece e recebe as bençãos prometidas aos fiéis. Pratica a entrega do dízimo como “poupança celestial” básica, indo além do dízimo através de ofertas e contribuições voluntárias ao Senhor. Podendo testemunhar: “ninguém dá mais do que Deus”. Amém!

JESUS FALOU MUITO EM DINHEIRO!

Há bem poucas doutrinas que receberam a mesma atenção, no ensino de Jesus, como o uso e abuso do dinheiro. O vocabulário desta doutrina se acha em 90 passagens que contêm as palavras de Jesus. Na sua pregação só achamos batismo mencionado 17 vezes, das quais 12 são figuradas. A igreja é mencionada 3 vezes nos Evangelhos e 18 vezes nas palavras de Jesus encontradas no Apocalipse. Ele falou no inferno 11 vezes e no Hades 4 vezes. Falou 21 vezes do arrependimento, 2 vezes da salvação, 47 vezes do pecado e pecadores, e 27 vezes do Espírito Santo. Nos discursos que temos nos Evangelhos, Jesus pregou mais sobre o dinheiro do que sobre o Reino de Deus, da Sua própria pessoa, de Deus- Pai e da fé. De 107 versículos do sermão da montanha, 28 tratam de dinheiro. Das 49 parábolas, 6 usam dinheiro ou bens materiais como base de instrução, e 8 nos ensinam como usar o dinheiro.
Assim, note-se que mais ou menos, a quarta parte da pregação de Jesus foi concernente a este assunto. Isto não quer dizer que Ele pregou sermões inteiros sobre o assunto, mas bem poucas vezes falou sem dar algum ensino ou alguma promessa acerca do bom uso e abuso do dinheiro.


Boston, Abril 19, 2005

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANDE NO CAMINHO DO REINO

Ap. Jota Moura  “E este evangelho do reino será prega­do no mundo inteiro, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.”...